quarta-feira, 6 de outubro de 2010

o que o amor escreve o destino nao apaga.



As palavras possuem uma força capaz de transformar os sentimentos, as emoções que nos percorrem a alma, em lindos versos. Versos esses que mostram nada mais que uma realidade, uma realidade pura baseada nos que os meus olhos transmitem na sua ingenuidade, no que a minha boca pronuncia na sua inocência, no batimento cardíaco que acelera e acelera e não para e não quer parar porque enquanto TU e EU for sinonimo de NÒS não parará. E nas linhas que escrevemos, acredito e confio na força das letras que junto, na paixão que entrego á tinta que ilustra, no momento que proporciona uma inspiração espantosa. E tudo o que ficou registado não terá emenda, não tem borracha que evaporiza as palavras deixadas. Não sai. Não desaparece. Porque o que o amor escreve o destino não apaga.

Sem comentários:

Enviar um comentário